Botafogo está devendo ao Guaraní-PAR por Matías Segovia; clube paraguaio ameaça ir à Fifa por solução

Loja Casual FC
botafogo matias segovia
Foto: Vítor Silva / Botafogo

O Botafogo não pagou duas de sete parcelas da transferência de Matías Segovia, que está emprestado ao RWD Molenbeek até o fim de junho de 2024. É o que afirma Emilio Daher, presidente do Guaraní-PAR.

– O Botafogo está sem pagar desde dezembro do ano passado e em março vencerão duas das sete parcelas. Então podemos acionar a Fifa. Por isso, o departamento jurídico está analisando esse caso. Mas não é desejado fazê-lo. Enfim, estamos esperando – declarou Daher em entrevista à “Rádio Monumental“, de Assunção.

Por Segovinha, o Botafogo pagou US$ 1,5 milhão (cerca de R$ 7,5 milhões), segundo noticiado à época. O paraguaio deixou o Alvinegro com 29 jogos e duas assistências.

Muita fumaça; pouco fogo

Durante a boa fase do Botafogo no Campeonato Brasileiro, Segovinha virou um hit nacional após algumas boas atuações em campo. O paraguaio ganhou música da torcida e até camisa casual personalizada do Clube. Na reta final da competição, no entanto, desabou com o time.

Com as contratações do Botafogo nesta primeira janela da temporada, Segovinha perdeu espaço no elenco. Ainda assim, fez três partidas no Campeonato Carioca, mas não empolgou o então técnico Tiago Nunes.

botafogo santos segovia
Foto: Vítor Silva / Botafogo

Siga-nos no Twitter | Siga-nos no Instagram | Siga-nos no Facebook

Comentários

Sobre Redação 5360 Artigos
Fogo na Rede é um veículo profissional especializado na cobertura do Botafogo: últimas notícias, jogos e muito mais!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.