Com reforços, Botafogo aposta em adesão da torcida ao Premiere

Loja Casual FC
Botafogo Premiere
Foto: Editoria de Arte

Depois de reforçar o elenco com astros internacionais — casos de Keisuke Honda e Salomon Kalou —, o Botafogo espera ampliar a captação de receitas. De acordo com o último balanço divulgado pelo Clube, a TV responde por metade do faturamento anual. Por isso, o Botafogo prepara uma campanha para adesão da torcida ao Premiere — canal por assinatura que transmite o Campeonato Brasileiro.

— A TV Globo vai lançar um pacote novo de pay-per-view para o Campeonato Brasileiro. Vai ser um pay-per-view especial porque o Brasileiro não vai ter público nos estádio. Vamos fazer uma campanha para o botafoguense comprar o máximo possível já que cada clube vai ter sua arrecadação separada. A gente espera que o Botafogo com esse time, com esses investimentos cresça muito no pay-per-view – afirmou Ricardo Rotenberg, vice comercial do Clube.

Leia mais: Botafogo negocia com duas empresas por patrocínio master

Dada a pandemia causada pelo novo coronavírus, o Botafogo teve suspenso contratos com patrocinadores. O Clube espera, no entanto, retomar o fluxo de receitas no início do Brasileiro — previsto inicialmente para agosto.

— A dificuldade nossa é a mesma da maioria dos clubes da Série A do futebol brasileiro, perdemos todas as receitas. A TV Globo lançou um cronograma para começar a pagar os clubes, os patrocinadores suspenderam as ações em função da pandemia. Estamos conversando com os jogadores sempre não deixando avançar demais. Esperamos no início do Campeonato Brasileiro dar mais tranquilidade a nossa comissão técnica e elenco.

Leia mais: Dirigente confirma Victor Luis e outros três reforços no Botafogo

Botafogo Premiere
Botafogo prepara campanha de adesão ao Premiere. Foto: Editoria de Arte

Conheça a melhor linha retrô do Botafogo e ganhe 10% OFF com cupom FOGONAREDE

Maior exposição

Com Honda e Kalou no elenco, Rotenberg acredita que a TV Globo terá mais interesse em transmitir os jogos do Botafogo na competição nacional.

— Não existe a controvérsia de time competitivo, contratações versus a necessidade de pagamento de salário. Um time competitivo ajuda e caminha na mesma direção de conseguir melhores condições de pagamento de salários. Time que não é competitivo fica mais difícil de pagar os salários. Isso porque menos investidores vão aparecer, a TV vai se interessar de passar menos os nossos jogos. O Kalou não é um jogador tão barato. No entanto, é bem mais barato em relação aos jogadores que foram contratados no ano passado que não renderam, que não tem nenhuma Copa do Mundo, que não jogaram no Chelsea. Vamos para as cabeças e disputar de igual para igual com os clubes que possuem um maior investimento no Campeonato Brasileiro. Estou muito otimista com o elenco do Botafogo. Para várias posições nós temos dois jogadores muito bons – concluiu.

Siga-nos no Twitter | Siga-nos no Instagram | Siga-nos no Facebook

Comentários

Sobre Diego Mesquita 1552 Artigos
Botafoguense, 36 anos. Formado em Jornalismo pela FACHA (RJ), trabalhou como assessor de imprensa do Botafogo F.R em 2010. Hoje, é setorista independente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.