Montenegro reivindica mundiais do Botafogo e provoca Flamengo

Loja Casual FC
Montenegro Botafogo Flamengo coronavirus
Foto: Vítor Silva / Botafogo

O Botafogo busca o reconhecimento pela FIFA dos títulos do Torneio de Caracas de 1967, 68 e 70. O Alvinegro quer que as conquistas sejam reconhecidas pela entidade como Mundial. Em entrevista ao Canal do Nicola, Carlos Augusto Montenegro voltou a abordar o tema de interesse do Botafogo e alfinetou o Flamengo.

Leia mais: Botafogo S/A desperta interesse em polêmico fundo árabe; entenda

— O que o Botafogo discute e que a FIFA não apoiou de início, é que nós ganhamos campeonato muito mais importante que a Copa Toyota. Eram jogos contra Benfica, Milan, Boca Juniors, os melhores times da Europa. Esses títulos poderiam também ser reconhecidos. Era algo muito grande. Parava todo mundo. Agora, eu não tiro o valor da Copa Toyota. Mas o botafoguense tem que valorizar nossos títulos. Se a FIFA não quiser reconhecer, o mundo sabe da importância do Botafogo e do Santos para o futebol brasileiro. São coisas inegáveis – garante.

Gerson apoia reivindicação

Ídolo do Botafogo, Gerson, Canhotinha de Ouro, também endossa o tri mundial do Alvinegro. O meia, aliás, conquistou uma das taças pelo Clube. A exemplo de Montenegro, o ex-craque do Botafogo também provocou o Flamengo.

Leia mais: Cuca garante: ‘Não morro sem ser campeão com o Botafogo’

— O Botafogo tem todo direito de reivindicar à FIFA. Se o presidente acha que é válido, acho legítimo. Quem deu o nome de Pequena Taça do Mundo? Alguém deu! Foi a federação de Caracas? Não sei. Por que que todo ano eles levavam para lá Botafogo, Santos, Palmeiras, Barcelona, Real Madrid, Benfica, seleção Argentina, Peñarol? Os principais campeões! Parece que a FIFA já disse que não reconhece. Dane-se a FIFA. Manda a FIFA para os quintos dos infernos. Nós ganhamos. Manda fazer a taça. O Flamengo e o Sport não brigaram até no STF por um título? Quem se acha no direito, vai recorrer. Eu assino embaixo — disse em entrevista ao Canal do TF.

Comentários

Sobre Diego Mesquita 1552 Artigos
Botafoguense, 36 anos. Formado em Jornalismo pela FACHA (RJ), trabalhou como assessor de imprensa do Botafogo F.R em 2010. Hoje, é setorista independente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.