Sete razões para acreditar em Barroca

Loja Casual FC
Barroca durante treino Botafogo

Dois dias após a demissão de Zé Ricardo, o Botafogo confirmou a chegada de Eduardo Barroca, 36 anos, que estava à frente da equipe Sub-20 do Corinthians

1) Velho conhecido e conhecedor do Botafogo, Barroca por aqui chegou a sete finais e conquistou quatro títulos — entre os quais o Brasileiro de 2016 e OPG de 2017.

2) Sob seu comando, o clube revelou Marcelo Benevenuto, Marcinho, Bochecha, Matheus Fernandes, Fernando, Wenderson, Renan Gorne, Rickson, entre outros. Com o elenco recheado de jovens, Barroca terá boa parte dos atletas com os quais trabalhou à disposição no atual elenco e poderá tirar o melhor de cada jogador.

3) Eliminado precocemente da Copa do Brasil e às vésperas do Brasileiro, o Botafogo não tem tempo até que o novo técnico conheça o plantel.

4) A integração com a atual geração Sub-20, hoje comandada por Marcos Soares, será ainda mais facilitada. Talentos como Caio Alexandre, Ênio, Rhuan, Lucas Barros, Pimenta, Glauber e Lucas Alves devem ter ainda mais oportunidades entre os profissionais.

5) Ao contrário da equipe de Zé Ricardo, os times de Barroca gostam de ter a posse da bola, jogam compactadas e com as linhas próximas.

6) Barroca custará, aos cofres do clube, menos da metade de Zé Ricardo. Em situação de penúria financeira, o Botafogo estava limitado no mercado de treinadores. Com o que podia oferecer de salário, todas as opções seriam com o perfil de “aposta”

7) Pelo Corinthians, seu último trabalho antes de retornar ao Botafogo, Eduardo Barroca disputou 50 jogos, com 32 vitórias e apenas cinco derrotas.

Comentários

Sobre Diego Mesquita 1552 Artigos
Botafoguense, 36 anos. Formado em Jornalismo pela FACHA (RJ), trabalhou como assessor de imprensa do Botafogo F.R em 2010. Hoje, é setorista independente.