Textor, do Botafogo, e Ednaldo Rodrigues, da CBF, podem se acertar, revela Rizek

Loja Casual FC

O apresentador André Rizek revelou que John Textor, dono da SAF Botafogo, e Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF, podem aparar as arestas. Isso porque o executivo da entidade move, desde 2023, uma ação criminal contra o estadunidense após acusações de corrupção envolvendo a CBF.

Segundo Rizek, no entanto, Textor baixou o tom nas últimas declarações contra Ednaldo e abriu caminho para uma aproximação.

– É possível que Textor e Ednaldo se acertem. Textor já tem baixado o tom em relação ao Ednaldo, disse que é pessoa correta, e que a batalha é contra corrupção. É um passo que pode levar o Ednaldo a tirar o processo criminal (contra John Textor). Tenho informação de que podem conversar – disse Rizek.

– Quando o Palmeiras fala de levar material, Textor já o fez, levou para STJD, que caçoou e não quis dar andamento. Pode ser que em processo criminal seja obrigado a mostrar. O que tem em mãos é um estudo de uma empresa chamada Good Game!, que esse ano está contratada pelo Federação do Rio de Janeiro, fez relatório em inteligência artificial e análises de instrutores, o resultado final é que o Palmeiras teria sido beneficiado. Vários lances que a arbitragem coloca como erros claros nós entendemos diferentes, não vimos erros claros ou suspeitos. Mas quem tem que demonstrar é o Textor, não nós. Agora o Palmeiras promete levar o John Textor ao tribunal – afirmou.

Textor confirma que tem áudio de juiz, que não é de Série A, apita divisões inferiores, federação e polícia estão cientes, não remete a Botafogo e Palmeiras. É a gravação que no sábado afirmou ter em mãos – completou.

john textor botafogo cbf
Foto: Reprodução

Siga-nos no Twitter | Siga-nos no Instagram | Siga-nos no Facebook

Comentários

Sobre Redação 5537 Artigos
Fogo na Rede é um veículo profissional especializado na cobertura do Botafogo: últimas notícias, jogos e muito mais!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*