Tiago Nunes avalia empate do Botafogo com a Portuguesa e destaca vaias da torcida: ‘Vai ser uma rotina nossa’

Loja Casual FC
Botafogo portuguesa tiago nunes
Reprodução / Canal Goat

Em entrevista coletiva após Botafogo 1 x 1 Portuguesa, no Estádio Nilton Santos, o técnico Tiago Nunes não fugiu das críticas da torcida. Segundo o treinador, as vaias dos botafoguenses após a partida serão uma rotina após o trauma da última temporada.

— O resultado não foi o esperado. Sempre que o Botafogo entra em campo, ainda mais no Campeonato Carioca, você tem a obrigação de vencer. Mas a vaia vai ser uma rotina nossa. Se perder vai ser vaiado, se ganhar vai ser vaiado e se empatar vai ser vaiado. Há uma mágoa. Mas também há uma comissão técnica e atletas maduros para administrar isso. Sabemos que é uma fase que vai demorar a passar e temos que encarar isso com certa naturalidade.

— O que um treinador busca de uma equipe é que ela crie chances de gol e sofra pouco. A gente teve sete chances de gol e o adversário teve uma, que se converteu em gol. Então temos que melhorar questão de aproveitamento ofensivo. Não sofrer nesse detalhe do que foi o gol da Portuguesa. Mas como tenho repetido: esse período é de adaptação, testes. Para que a gente possa ter uma amostragem bem ampla do nosso grupo para o restante da temporada.

Mais declarações de Tiago Nunes

Tiquinho

— Qualquer centroavante fica ansioso se não consegue marcar. E o Tiquinho não é diferente. Mesmo com o número expressivo do ano passado. Certamente gera mais confiança para ele. Sabemos que essa confiança traz uma naturalidade para os próximos jogos e quem sabe conseguir uma temporada como a última em relação ao número de gols. Ele é um referente da nossa equipe e devemos valorizar cada gol que ele faz.

botafogo portuguesa savarino
Vítor Silva/Botafogo

Marlon Freitas

— Fez um jogo muito consistente. Não só defensivamente, mas gerou muita chegada na área oposta. Deu assistência. Faltou às vezes ser um pouco mais egoísta em alguns momentos e ele chutar, buscar a jogada para ele mesmo. Ninguém deixa de ser bom da noite para o dia. A gente sabe como funciona o futebol hoje em dia, sabe como são os haters. A gente não se deixa abater. O Marlon é um cidadão exemplar e faz parte de um contexto muito importante para nós durante a temporada toda.

O Botafogo volta a campo contra o Nova Iguaçu, sábado, 3, às 16h, no Bezerrão, no Distrito Federal, pela 6ª rodada do Campeonato Carioca.

Siga-nos no Twitter | Siga-nos no Instagram | Siga-nos no Facebook

Comentários

Sobre Redação 5649 Artigos
Fogo na Rede é um veículo profissional especializado na cobertura do Botafogo: últimas notícias, jogos e muito mais!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*