Victor Rangel torce por sequência no Botafogo: ‘Em busca disso’

Loja Casual FC
Victor Rangel Botafogo
Victor Rangel. Botafogo x Sao Paulo pelo Campeonato Brasileiro no Estadio Nilton Santos. 21 de Setembro de 2019, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Vitor Silva/Botafogo.rImagem protegida pela Lei do Direito Autoral Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. r

Contratado em junho, Victor Rangel só estreou como titular no Botafogo diante do São Paulo, no último sábado (21). Sem Diego Souza — por força de contrato —, Barroca escolheu o atacante para a função.

Embora não tenha marcado na derrota para o São Paulo, Victor Rangel recebeu elogios do técnico pela atuação.

— Gostei muito. A gente sabia que ele se entregaria muito, porque tem essa característica. Pressionou bastante. Lutou contra os dois zagueiros do São Paulo. Tava um tempo sem jogar, então precisamos tirar. Saio satisfeito com a partida dele — garantiu Barroca.

Victor Rangel Botafogo
Victor Rangel estreou como titular diante São Paulo, no Nilton Santos. Foto: Vitor Silva/Botafogo

Antes do treino do Botafogo desta terça (23), o atacante conversou com a imprensa no Estádio Nilton Santos. Confira:

Tranquilidade na tabela

— A gente sabe que o caminho das vitórias nos traz tranquilidade. Então a gente lamenta o último jogo por não ter somado pelo menos um ponto. Claro que dói tomar um gol na parte final e deixar de somar esse ponto. Em casa a gente sempre que vencer, sobretudo num campeonato equilibrado. Quando isso não acontece, a gente tem que buscar o resultado fora. Quanto à posição na tabela, a gente quer sempre estar brigando na parte de cima. E já que a gente caiu uma posição, queremos vencer o quanto antes para figurar na parte de cima.

Elogios de Barroca e permanência no time titular

— Fico feliz com as palavras do professor. Estou cada vez mais feliz e motivado no trabalho. Não sei se permaneço. Estou trabalhando bastante, me dedicando em prol da equipe, do grupo. Se o professor optar por mim, é claro que eu vou fazer o melhor e ajudar meus companheiros.

Primeiro jogo como titular

— Me senti muito leve, muito à vontade. Feliz de estrear diante do torcedor, jogando no Nilton Santos. Claro que poderia ter sido um pouco melhor, com uma vitória com gol para ajudar os companheiros. Mas o trabalho dia a dia tem sido muito forte. A gente tem uma dedicação extrema para que a gente possa elevar esse Clube o mais alto possível na tabela.

Sequência

— Todos nós atletas precisamos de uma sequência. A gente trabalha muito, claro que respeitando os companheiros e a decisão da comissão técnica, mas é sempre muito importante ter sequência para que a gente consiga desenvolver. Estou em busca disso, com muita humildade. Respeito todas as decisões, meus companheiros, mas buscando meu espaço. Assim espero colaborar e buscar o Clube.

Jogar ao lado de Diego Souza

— Acredito que sim, mas essa decisão eu deixo para o professor. O Diego é um jogador sensacional, joga em todas as funções da frente. No dia a dia o admiro muito e procuro aprender pelo jogador excepcional que é. Se tiver oportunidade de jogar junto, tomara que a gente consiga fazer o melhor para ajudar o Botafogo.

Comentários

Sobre Diego Mesquita 1552 Artigos
Botafoguense, 36 anos. Formado em Jornalismo pela FACHA (RJ), trabalhou como assessor de imprensa do Botafogo F.R em 2010. Hoje, é setorista independente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.