Ex-vice presidente do Botafogo estava no grupo “Guardiões do Crivella”

Loja Casual FC
anderson simões vice botafogo guardioes crivella
Foto: Vítor Silva / Botafogo

Ex-vice presidente de estádios do Botafogo, Anderson Simões fazia parte dos “Guardiões de Crivella”. O grupo é composto, na maioria, por funcionários públicos pagos com o dinheiro do contribuinte, cujo objetivo era de impedir o trabalho da imprensa na fiscalização de denúncias contra a saúde do município.

A informação é da jornalista Gabriela Moreira, do ge.

Leia mais: Lateral Jonathan, ex-Botafogo, está na lista de dispensa do Almería

A existência do grupo foi relevada em reportagem da TV Globo esta semana. Todos os integrantes estão sendo investigado por práticas ilegais, entre as quais, restringir a liberdade de imprensa.

Alvo recorrente

Vice de estádios do Clube durante a gestão do grupo “Mais Botafogo”, Anderson Simões entregou o cargo em julho de 2019. À época, o dirigente alegou motivos pessoais para tomar a medida.

PUBLICIDADE

Conheça a melhor linha retrô do Botafogo e ganhe 10% OFF com cupom FOGONAREDE

Desde 2017, Simões tem o nome ligado à justiça. Em dezembro daquele ano, passou a ser alvo na Operação Limpidus, que investiga a ligação de clubes com torcidas organizadas que cometem crimes. Na ocasião, a polícia encontrou dois fações na sala do ex-dirigente do Botafogo no Estádio Nilton Santos.

Mesmo com a investigação em curso, Anderson Simões foi nomeado, pela prefeitura, presidente da Fundação Planetário do Rio, no ano seguinte. Hoje, é subsecretário de Planejamento e Acompanhamento de Resultados da Casa Civil.

Membro do “Guardiões do Crivella”, Anderson Simões, ex-vice do Botafogo, visitou o Clube ao lado do prefeito, em agosto. Foto: Vítor Silva / Botafogo

Siga-nos no Twitter | Siga-nos no Instagram | Siga-nos no Facebook

Foto: Vítor Silva / Botafogo

Comentários

Sobre Diego Mesquita 1552 Artigos
Botafoguense, 36 anos. Formado em Jornalismo pela FACHA (RJ), trabalhou como assessor de imprensa do Botafogo F.R em 2010. Hoje, é setorista independente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.