Gatito, do Botafogo, é denunciado pelo STJD; pena entre 30 a 180 dias

Loja Casual FC
gatito botafogo denunciado stjd
Foto: Vítor Silva / Botafogo

O goleiro Gatito Fernandez, do Botafogo, foi denunciado, nesta quarta, 2, pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O atleta foi indiciado por chutar o equipamento de VAR após a partida contra o Internacional. Gatito pode pegar de 30 a 180 dias e multa entre R$ 100 e R$ 100 mil, além de indenização dos custos pelo dano causado. O julgamento ainda será agendado.

Segundo relatório da partida apresentado na denúncia ao STJD, o equipamento foi danificado após o chute do goleiro do Botafogo.

“O equipamento foi danificado, tendo sua proteção externa e tela arranhados. Além da conexão de entrada do sinal do VAR output quebrado. Após vários testes, o mesmo está apresentando mau contato. Sendo, portanto, necessária a substituição por um novo que será importado diretamente da Inglaterra. Lamentavelmente, teremos que repassar este gasto para a CBF por tratar-se de ato intencional e o custo aproximado é de USD 9.500”.

Leia mais: Ex-vice presidente do Botafogo estava no grupo “Guardiões do Crivella”

PUBLICIDADE

Conheça a melhor linha retrô do Botafogo e ganhe 10% OFF com cupom FOGONAREDE

Com isso, Gatito foi denunciado por infração ao artigo 219 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

A Procuradoria acrescenta ainda que, “subsidiariamente, no entanto, caso não se entenda pela aplicação do referido dispositivo, a grave conduta do denunciado é um nítido exemplo de ação que ultrapassa o limite da razoabilidade tolerável”.

Art. 219. Danificar praça de desportos, sede ou dependência de entidade de prática desportiva.

gatito botafogo denunciado stjd
Denunciado pelo STJD, Gatito pode desfalcar Botafogo por até 180 dias. Foto: Vítor Silva / Botafogo

Siga-nos no Twitter | Siga-nos no Instagram | Siga-nos no Facebook

Comentários

Sobre Diego Mesquita 1552 Artigos
Botafoguense, 36 anos. Formado em Jornalismo pela FACHA (RJ), trabalhou como assessor de imprensa do Botafogo F.R em 2010. Hoje, é setorista independente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.