Gilmar Ferreira destaca motim em demissão de Bruno Lage no Botafogo: ‘Jogadores chamaram responsabilidade’

Loja Casual FC
bruno lage botafogo campeonato brasileiro
Foto: Vítor Silva / Botafogo

Bruno Lage não resistiu à pressão dos últimos resultados e caiu no Botafogo. No dia seguinte à demissão do treinador, o comentarista Gilmar Ferreira avaliou a decisão da diretoria, que se reuniu com alguns jogadores antes da decisão pela saída do português.

— O Luis Castro quando saiu, a narrativa, o discurso era: o Botafogo está pronto, tem mentalidade vencedora, os jogadores já sabem o que fazer para chegar ao título. O técnico, portanto, era apenas um assessor. Então ele deu aos jogadores o sentido de grupo, reforçando autoestima do time, que passou a ser um ponto diferencial do Botafogo naquele recorte do Campeonato Brasileiro. O Caçapa manteve e reforçou a autoestima ao utilizar jogadores que nem vinham sendo utilizados, como o Carlos Alberto, por exemplo. A crítica maior ao Bruno Lage é quanto ao aproveitamento. De fato, é muito ruim. Fez experiências estapafúrdias. Ele tirou a autoestima dos jogadores, que era o diferencial. Neste momento, os jogadores chamaram a responsabilidade para eles. Acho que eles podem ter sido chamados à fala. Porque são jogadores experientes – disse no “Redação SporTV” desta quarta, 4.

botafogo goiás brasileiro bruno lage
Foto: Reprodução

O Botafogo volta a campo contra o Fluminense, domingo, 8, às 16h, no Maracanã, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Siga-nos no Twitter | Siga-nos no Instagram | Siga-nos no Facebook

Comentários

Sobre Redação 5564 Artigos
Fogo na Rede é um veículo profissional especializado na cobertura do Botafogo: últimas notícias, jogos e muito mais!

3 Comentários

  1. atitude corretissima a demissao do tecnico.Agora com todo respeito ao John Textor como ele dar 33.000.000.00 por patrik de paula. Gosta de jogar dinheiro pela janela.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*