Montenegro diz que invadiria o vestiário após perda do título do Botafogo em 2023: “Faltou vergonha na cara”

Loja Casual FC
botafogo montenegro
Reprodução / ge

Em longa entrevista ao “ge“, publicada nesta sexta, 17, o ex-presidente do Botafogo, Carlos Augusto Montenegro lembrou a perda do título do Alvinegro em 2023 após abrir 13 pontos de vantagem na liderança do Brasileiro. Segundo ele, se estivesse com função no Clube, invadiria o vestiário para cobrar os jogadores sobretudo após a derrota de virada para o Grêmio.

— Eu dei graças a Deus de não estar lá dentro em nenhum momento de 2023. Quando acabou o jogo contra o Palmeiras, e nós perdemos o campeonato ali aos 37 minutos do segundo tempo no pênalti perdido do Tiquinho, eu parei, demorei 30 minutos para ir embora. Passou coisa na minha cabeça e senti uma coisa ruim. Começou ali a perda do título. Tem gente que fala um pouco antes, naquele dia que faltou luz (contra o Athletico-PR).

— Até ali eu estava quieto. Nunca tinha visto o Botafogo jogar tão bem igual aquele primeiro tempo. Fez 3 a 0, mas podia ter feito cinco. A gente perde depois para o Vasco na segunda e na quinta tem o jogo contra o Grêmio. Eu pensei comigo mesmo que o raio não cai duas vezes no mesmo lugar. Abrimos 3 a 1 e levamos a virada com três gols do Suárez.

— Nesse jogo eu entraria no vestiário. Nesse jogo ia sobrar pouca coisa no vestiário. Não estava lá. Mas se eu estivesse envolvido com futebol… Você não pode perder duas vezes seguidas ganhando por três e perder de 4 a 3 em uma semana. “Ah, mas acontece”… Não pode. Jogadores iam ouvir. Faltou vergonha na cara. Vocês estão desrespeitando, se estão abalados pelo o que estão Palmeiras pede para não jogar. Ia fazer o diabo.

Montenegro Botafogo Gatito
Foto: Vítor Silva / Botafogo

Siga nossas redes: Twitter, Instagram, Facebook, YouTube e TikTok

Comentários

Sobre Redação 5513 Artigos
Fogo na Rede é um veículo profissional especializado na cobertura do Botafogo: últimas notícias, jogos e muito mais!

1 Comentário

  1. Concordo plenamente com Montenegro! Inclusive eu acho que Montenegro tem que ser o diretor de esportes da SAF.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*