Áudio: Por vitória presidencial no Botafogo e contra o ‘atraso’, CEP sugere composição de chapas

Loja Casual FC
CEP eleição presidencial Botafogo
Foto: Vítor Silva / Botafogo

Marcada para 24 de novembro, a eleição presidencial do Botafogo ganhou novos capítulos. Com três candidatos confirmados, o pleito segue a todo vapor. Atual vice-presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, o CEP, sugeriu que os candidatos Alessandro Leite (Mais Botafogo) e Walmer Machado (O Mais Tradicional) façam uma composição para derrotar Durcesio Mello na eleição presidencial.

O Fogo Na Rede teve acesso ao áudio enviado por CEP a um grupo político do Clube, no qual o ex-presidente do Botafogo apela pela união das chapas do Mais Botafogo e Walmer Machado. Segundo o vice-presidente do Clube, a vitória do grupo de Durcesio Mello representa o retorno do atraso no Botafogo.

— Gostaria de fazer um apelo a este grupo que, independente da chapa para a qual tenham sido convidados, que façam um apelo aos correligionários. Para que tanto aqueles candidato do Mais Botafogo quanto os do Walmer Machado façam uma composição. Eu tenho um pouco mais de vida do que vocês na vida política do Botafogo. Já vi amigos, companheiros, pessoas que compartilham mesmas ideias e objetivos se dividirem. E nisso perderam uma grande oportunidade de conduzir o Clube e, principalmente, de deixarem aquelas pessoas que representam o atraso, o que há de negativo vencerem. Esse eu acho que é o principal compromisso de todos nós. Não podemos deixar que o atraso retorne ao Botafogo. Não podemos deixar que todos aqueles que nós já cansamos de derrotar voltem ao poder – afirmou.

Ouça o áudio de CEP:

Leia mais: Gatito, do Botafogo, é denunciado pelo STJD; pena entre 30 a 180 dias

PUBLICIDADE

Conheça a melhor linha retrô do Botafogo e ganhe 10% OFF com cupom FOGONAREDE

‘Somar forças’

CEP reiterou ainda que tem trabalhado incansavelmente pela Botafogo S/A sem alarde. O dirigente pediu que o Clube esteja acima de tudo.

— Se nós olharmos para uma chapa e encontrarmos amigos nela e pessoas bem intencionadas, nós teremos certeza de que falhamos. Nós temos que olhar para uma chapa e vermos que todas as pessoas bem intencionadas. Eventualmente, podem não estar todas as pessoas. Mas o grosso, a maioria bem intencionada, devem estar juntas no Botafogo. Esse é o apelo que tenho a fazer a vocês. Vamos somar forças. Vamos unir esforços, pensar acima de tudo no Botafogo, em nomes. Vamos pensar no Botafogo, que precisa muito de nós nesse momento. A S/A é um fato. Nós estamos trabalhando muito por ela. Sem alarde, sem bravata, sem anúncios, promessas. Vamos juntos fazer esse esforço final e derrotar aqueles que estão esperando para voltar e voltar com o que tem de pior.

Leia mais: Por dívida com São Paulo, Botafogo sofre penhora de premiação da Copa do Brasil

Busca pelo entendimento

Procurado pelo Fogo Na Rede, Carlos Eduardo Pereira reiterou o posicionamento enviado no grupo do WhatsApp.

— Minha intenção realmente é buscar este entendimento. Eu tenho bastante tempo na política do Botafogo. Já vi uma divisão de chapas com pontos em comum muito grande. Vejo um pouco a repetição deste quadro – pontuou para completar:

— Vejo esse grupo que assumiu agora o Mais Botafogo, representado pelo Alessandro Leite e Jorge Magdaleno, como uma renovação ao grupo. Não aquele Mais Botafogo de 2018, mas um grupo renovado, que colocou de lado muitas práticas que eu mesmo condenei. E o pessoal do Walmer (Machado) que interpreta um desejo de mudança. Vejo que separados ficarão numa situação difícil separar essa união da situação que eu derrotei em 2014. O pessoal do Maurício Assumpção, que pretende voltar agora. Eu espero que o quadro social não permita este retorno. O Botafogo até hoje paga por aqueles erros – lembrou.

CEP eleição presidencial Botafogo
Por vitória eleitoral, CEP quer unir forças no Botafogo. Foto: Vítor Silva / Botafogo

Siga-nos no Twitter | Siga-nos no Instagram | Siga-nos no Facebook

Comentários

Sobre Diego Mesquita 1552 Artigos
Botafoguense, 36 anos. Formado em Jornalismo pela FACHA (RJ), trabalhou como assessor de imprensa do Botafogo F.R em 2010. Hoje, é setorista independente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.