Autuori não descarta reforços, mas ressalta prioridade no Botafogo: ‘Pagar funcionários’

Loja Casual FC
Autuori Botafogo reforços
Foto: Vítor Silva / Botafogo

No início deste mês, o Botafogo perdeu Alex Santana para o Ludogorets, da Bulgária. Peça importante do esquema, a saída do volante deixou uma lacuna no elenco enxuto do Alvinegro. Por isso, Paulo Autuori não descarta ir ao mercado por reforços, desde que o Botafogo possa pagar.

— As dificuldades vão acontecer. As carências também. Aos poucos, espero que o Botafogo possa se reestruturar financeiramente para investir nas posições que existam alguma carência. Sempre com jogadores que possam qualificar o grupo. O que eu não quero é essa ida ao continente sul-americano. É uma escolha que pode ser criticada, mas eu prefiro dar oportunidade a jogadores formados no Clube. Para trazer jogador que não tem qualidade superior aos daqui, eu vou trazer um jogador da formação que confio. Mesmo porque nós estamos treinando todos juntos neste período, com o objetivo de ter conhecimento forte da equipe sub-20. Quero ver aqueles jogadores que, se nós precisarmos num momento de emergência, a gente possa chamar com confiança. O custo com jogadores sul-americanos do mesmo nível podemos usar para melhorar as condições de trabalho, pagar jogadores e funcionários. Vou dar prioridade a ativos do Clube – disse em entrevista à Rádio Tupi.

Autuori Botafogo reforços
Autuori não descarta reforços no Botafogo. Foto: Vítor Silva / Botafogo

Leia mais: Autuori projeta Marcelo Benevenuto na Seleção: ‘Potencial enorme’

Solução caseira

Para repor a perda de Alex Santana, Paulo Autuori encontrou, pelo menos por ora, uma solução caseira.

— Não estamos fechados a reforços. Agora, no primeiro momento, vou dar oportunidade ao Caio (Alexandre). Jogador com habilidade enorme. Veio do salão, tem dinâmica. Claro que precisa crescer, mas somente jogo vai crescer. E eu quero e vou dar essa oportunidade a ele. Claro que ele vai ter erros, mas ele precisa de uma sequência de jogos para ter confiança, porque qualidade tem. É um jogador muito habilidoso, que precisa entender melhor o momento e o local que setor deve utilizar essa habilidade. Simplificar muito. A opção, neste momento, é esta. Agora, vai está aberto para pensarmos em trazer jogadores. Mas não adianta reforçar e não ter como honrar os compromissos. Até porque, quando nós fazemos isso, o ambiente fica complicado. É prazo de validade para o ambiente se manter como deve ser. Não é porque deu certo em 1995 que vai dar sempre. Mesmo porque não é o certo – lembra.

Leia mais: Luis Henrique deve deixar o Botafogo na próxima janela, revela Autuori

Conheça a melhor linha retrô do Botafogo e ganhe 10% OFF com cupom FOGONAREDE

Revelado no Botafogo, Caio Alexandre subiu aos profissionais do Botafogo na última temporada. Desde então, tem 11 jogos e um gol pelos profissionais. Hoje, é titular absoluto de Paulo Autuori.

Siga-nos no Twitter | Siga-nos no Instagram | Siga-nos no Facebook

Foto: Vítor Silva / Botafogo

Comentários

Sobre Diego Mesquita 1552 Artigos
Botafoguense, 36 anos. Formado em Jornalismo pela FACHA (RJ), trabalhou como assessor de imprensa do Botafogo F.R em 2010. Hoje, é setorista independente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.