Biógrafo lembra briga de Heleno de Freitas e Nilton Santos no Botafogo

Loja Casual FC
Heleno de Freitas Nilton Santos Botafogo
Foto: Acervo O Cruzeiro

Celeiro de craques e ídolos, o Botafogo também já foi palco do embate de dois dos grandes nomes da história alvinegra. Segundo o biógrafo Marcos Eduardo Neves, Heleno de Freitas e Nilton Santos se desentenderam no primeiro treino do lendário lateral no Botafogo, em General Severiano.

O ano era 1948 e o temperamento explosivo dos personagens desencadeou o choque entre duas referências do Botafogo.

— Todo fala do primeiro treino do Garrincha no Botafogo. Mas ninguém fala do primeiro treino do Nilton Santos no Clube, em 1948. Àquela altura, o Heleno de Freitas estava prestes a ir para o Boca Juniors. O Nilton treinou como zagueiro e foi encarregado de marcar o Heleno. E foi briga de cachorro grande. O Nilton Santos dando drible no Heleno. Imagina um jogador como ele, temperamental, tomando come de novato? Foi algo muito forte – relembrou Marcos em entrevista ao “Grupo Sempre Botafogo”.

CT Botafogo Heleno de Freitas
Heleno de Freitas é um dos tantos ídolos do Botafogo. Foto: Reprodução

Leia mais: Montenegro explica negociação de Bochecha, do Botafogo, com Juventude

‘Comigo o negócio é mais embaixo’

Recém-chegado ao Clube, Nilton Santos foi vítima das costumeiras cobranças de Heleno aos companheiros durante a atividade, conta o jornalista.

— Em determinado momento, Heleno virou para o Nilton: ‘que porra é essa?’. De imediato, Nilton Santos encarou o Heleno: ‘que porra é essa o quê? Você é malandrinho das tuas negas de Copacabana. Eu sou da Ilha do Governador. Comigo o negócio é mais embaixo’. Ele enfrentou o Heleno. Algo que ninguém fazia. A partir daí Nilton ganhou muita moral com o Heleno – garante.

Conheça a melhor linha retrô do Botafogo e ganhe 10% OFF com cupom FOGONAREDE

A qualidade técnica e a coragem do maior lateral de todos os tempos impressionaram o temperamental atacante, destaque do Botafogo até ali.

— O Heleno de Freitas morava do lado de General Severiano, em Copacabana. O Nilton na Ilha do Governador. Depois do treino, Heleno ofereceu carona de Cadillac até a Ilha, mas o Nilton, como também era estourado, recusou. Preferiu voltar de transporte público.

Participe agora do nosso grupo de Telegram!

Marcos Eduardo Neves escreveu a biografia de Heleno de Freitas (2006), que serviu de base para o filme protagonizado por Rodrigo Santoro, em 2012.

Siga-nos no Twitter | Siga-nos no Instagram | Siga-nos no Facebook

Comentários

Sobre Diego Mesquita 1552 Artigos
Botafoguense, 36 anos. Formado em Jornalismo pela FACHA (RJ), trabalhou como assessor de imprensa do Botafogo F.R em 2010. Hoje, é setorista independente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.