Botafogo S/A: Autuori revela cargo de preferência em futura gestão

Loja Casual FC
Autuori Botafogo S/A
Foto: Vítor Silva / Botafogo

Desde a chegada de Paulo Autuori no Botafogo, especula-se que papel o atual treinador do Alvinegro desempenhará na Botafogo S/A. Com mais de 45 anos no esporte, o profissional de 63 anos é um trunfo do Clube não só para a transição para o novo modelo de gestão, mas também para a permanência no novo cenário.

Em entrevista à Rádio Tupi, Paulo Autuori indicou o caminho que pretende seguir no Clube com a implementação da Botafogo S/A.

— Não sou diretor executivo. Não gosto de mexer com grana para contratações. Sou fraco nisso. Meu negócio é contribuir com os treinadores, dar oportunidades a novos talentos, estar ao lado deles para blindar o treinador. Quando a coisa estiver feia, dar a cara a tapa para proteger o profissional. Quando estive com o Abel Braga no Fluminense, foi isso. Ele só se preocupava com o campo. Sei o quanto é importante isso. Eu quero dar essa tranquilidade. O que vou ser na Botafogo S/A não sei. O meu foco é na transição. Agora, estou à disposição para conversar com os futuros gestores. Até o momento em que o Clube conseguir entrar neste novo modelo, saldar os compromissos, ter saúde financeira para ver a torcida do Glorioso ter uma equipe com bom futebol – disse.

Leia mais: Pela finalização, Matheus Nascimento vira assunto no Botafogo

PUBLICIDADE

Conheça a melhor linha retrô do Botafogo e ganhe 10% OFF com cupom FOGONAREDE

Gratidão à instituição

Atual técnico do Botafogo, Autuori já deixou claro que não pretende seguir na função e que só aceitou exercê-la por gratidão ao Alvinegro, que o revelou para o Brasil, em 1995.

— O que seria de mim sem que o Botafogo tivesse aberto as portas? O Clube abriu as portas quando eu não era nada. O Botafogo, hoje, quer passar por uma nova etapa, virar empresa. A ideia inicial é contribuir, num primeiro momento, como treinador. Na minha cabeça não passava treinar time. E certamente isso ainda está dentro de mim. Isso é apenas um momento, uma etapa que tenho que dar uma contribuição a uma instituição que para sempre vai estar no meu coração – declarou.

Leia mais: Momento é favorável à permanência de Marcinho no Botafogo

PUBLICIDADE

Siga-nos no Twitter | Siga-nos no Instagram | Siga-nos no Facebook

Comentários

Sobre Diego Mesquita 1552 Artigos
Botafoguense, 36 anos. Formado em Jornalismo pela FACHA (RJ), trabalhou como assessor de imprensa do Botafogo F.R em 2010. Hoje, é setorista independente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.