Bruno Lazaroni garante que críticas de Montenegro estão superadas no Botafogo

Loja Casual FC
Lazaroni. Botafogo x Goias no Estadio Nilton Santos. 09 de Outubro de 2019, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Vitor Silva/Botafogo. rImagem protegida pela Lei do Direito Autoral Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998.

No epicentro dos áudios vazados de Carlos Augusto Montenegro, Bruno Lazaroni, técnico interino do Botafogo, garante ter superado o episódio com o ex-presidente do clube, que fez críticas ao atual elenco.

Lazaroni conversou com a imprensa antes do treino desta sexta (11), no Nilton Santos. Confira:

Conversa com o elenco sobre os áudios

— Conversei (com o elenco), foi a primeira coisa que fiz ontem quando cheguei ao clube. Expliquei para eles o que aconteceu. Ele (Montenegro) me perguntou sobre alguns jogadores. Primeiramente, eu os defendi. Especificamente sobre o Pimpão, seria pouco inteligente da minha parte colocar um jogador que eu não acredito em campo. Eu o coloquei para jogar duas vezes. É mais importante ouvir as palavras deles do que a minha, porque eles são os principais envolvidos e atingidos nessa situação toda.

Bruno Lazaroni Botafogo Montenegro
Lazaroni diz que elenco do Botafogo superou episódio com Montenegro. Foto: Vitor Silva/Botafogo.

Críticas de Montenegro

— Foi tudo esclarecido por ele (Montenegro). Hoje de manhã ele publicamente explicou o que realmente aconteceu. Está tudo superado e resolvido, principalmente com os atletas. Da minha parte não fica mágoa nenhuma. Vou seguir em frente, a minha vida sempre foi assim. Minhas atitudes falam muito mais do que as palavras.

Elenco blindado

— Claro que eles não ficaram satisfeitos com isso tudo, mas o mais importante é que os jogadores deram uma demonstração ainda maior de união e de um sentir a dor do outro Isso vai blindar ainda mais o nosso grupo.

Acerto com Alberto Valentim

— Falei com ele muito rapidamente, mais na brincadeira, do que propriamente sobre um acerto com o clube. Mas parece que faltam alguns detalhes quanto a isso, só saberemos quando chegarmos em São Paulo.

Críticas a Leo Valencia

— Está longe de ser realmente o que aconteceu. O que eu falei para o Montenegro foi a mesma coisa que eu falei para o Valencia no dia da concentração. Que ele é um jogador que gosta de jogar, e eu gosto deste espírito. Falei diretamente para ele se ele estava totalmente resolvido e integrado com os atletas, porque ele sempre fica um pouco contrariado quando não joga, mas isso é natural de qualquer atleta. Falei isso para ele no dia da partida, olhando olho no olho.

Comanda o time contra o Palmeiras?

— Quanto a comandar o time contra o Palmeiras, ainda não está totalmente acertado isso. Chegando em São Paulo vamos definir a melhor opção. Quanto aos desfalques, procuro valorizar quem está entrando. Quem entrar tenho certeza que dará conta do recado.

Comentários

Sobre Diego Mesquita 1552 Artigos
Botafoguense, 36 anos. Formado em Jornalismo pela FACHA (RJ), trabalhou como assessor de imprensa do Botafogo F.R em 2010. Hoje, é setorista independente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.