Caso Arão: TST decide que Botafogo tem direito a R$ 4 milhões

Loja Casual FC
Botafogo Willian Arão julgamento
Willian Arao.Treino do Botafogo no Estadio Nilton Santos. 29 de Julho de 2015, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Vitor Silva / SSPress.
Botafogo Willian Arão julgamento
Julgamento de Willian Arão contra Botafogo enfim chegou a um desfecho Foto: Vitor Silva / SSPress.

Por unanimidade, o Tribunal Superior do Trabalho estabeleceu indenização no valor de R$ 4 milhões ao Botafogo no julgamento do caso Willian Arão.

Os três ministros da 4ª turma do TRT entenderam que o Alvinegro não tem direito a receber R$ 20 milhões — referentes a multa do volante à época da renovação contratual — mas sim R$ 4 milhões por perdas e danos. A quantia deve ser paga pelo atleta ao Botafogo.

O Botafogo terá direito a receber os R$ 4 milhões desde que Willian Arão receba os 400 mil reais acordados em seu contrato inicial com o clube. O saldo final para o Alvinegro é, portanto, de R$ 3,6 milhões.

Ainda cabem embargos de declaração na ação, mas este recuso não tem o efeito de alterar a decisão. A condenação deve ser paga em 15 dias sob pena de multa de 10% do valor.

Os 15 dias começam a contar a partir da intimação do advogado de Willian Arão, quando o processo retornar ao TRT. Ainda não há previsão.

O VP Jurídico do Botafogo, Domingos Fleury, comentou o caso. Confira abaixo.

Comentários

Sobre Diego Mesquita 1552 Artigos
Botafoguense, 36 anos. Formado em Jornalismo pela FACHA (RJ), trabalhou como assessor de imprensa do Botafogo F.R em 2010. Hoje, é setorista independente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.