Mandetta exalta Botafogo: ‘Coisa mais linda que existe neste país’

Loja Casual FC
Luiz Henrique Mandetta Botafogo
Foto: Reprodução

O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, enalteceu o Botafogo em entrevista ao Conexão Repórter desta segunda, 18. Declarado torcedor do Alvinegro, o médico ortopedista liderou os esforços da pasta no combate ao novo coronavírus. Deixou o cargo demitido por Jair Bolsonaro por divergências sobre isolamento social.

— A pandemia vai mudar tudo. O código de comportamento vai mudar. A televisão, a entrevista, o futebol. O futebol está decidindo se volta ou não. Os que defendem dizem para voltar sem torcida – lembrou.

Leia mais: Honda ofereceu ajuda financeira ao Botafogo, revela dirigente

Mandetta foi interrompido pelo apresentador Roberto Cabrini com uma provocação.

— E nem assim o Botafogo vai ser campeão.

O ex-ministro respondeu à altura.

O Botafogo é um eterno campeão, é a coisa mais linda que esse país tem. Aliás, se todo mundo torcesse para o Botafogo, a gente passaria por esse coronavírus, porque o Botafogo é otimismo – profetizou.

Leia mais: Luis Henrique interessa a pelo menos três clubes da Europa; entenda

Coube ao apresentador concordar.

— Com certeza.

Leia mais: Dirigente descarta ‘único dono’ para projeto Botafogo S/A: ‘Não existe’

Esta não foi a primeira vez que Mandetta faz referência ao Botafogo. Pouco antes de ser demitido do Ministério da Saúde, brincou com o riscos do fim do isolamento social durante a pandemia.

– Quando o Maracanã for aberto e o Botafogo for campeão e aquela massa botafoguense se abraçar, a doença vai pegar. Aliás, o meu maior predicado em gerenciar crises a vida inteira foi a de ser torcedor do Botafogo.

Conheça a melhor linha retrô do Botafogo e ganhe 10% OFF com cupom FOGONAREDE

Siga-nos no Twitter

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Facebook

Confira a íntegra da entrevista:

Comentários

Sobre Diego Mesquita 1552 Artigos
Botafoguense, 36 anos. Formado em Jornalismo pela FACHA (RJ), trabalhou como assessor de imprensa do Botafogo F.R em 2010. Hoje, é setorista independente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.