Por sócio-torcedor forte, Botafogo estreita laços com influenciadores

Loja Casual FC
Emilio Adam Botafogo
Apresentacao da Equipe de Volei do Botafogo em General Severiano. 08 de julho de 2019, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Vitor Silva/Botafogo. Imagem protegida pela Lei do Direito Autoral Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998.
Emilio Adam Botafogo
Emílio Adam comanda a Comunicação do Botafogo. Foto: Vitor Silva/Botafogo.

Neste domingo, o Botafogo promoveu a campanha #ReforceOGlorioso e, de maneira inédita, se aproximou dos influenciadores digitais do clube para impulsionar seu programa de sócio-torcedor, hoje com 21.305 adeptos.

Na partida contra o Santos (21), foram escalados 11 craques das redes — botafoguenses que contribuem ao debate sobre o Glorioso na internet — para compor a campanha do programa Sou Botafogo: Meu Botafogo, Tribuna Alvinegra, Botafogo Mil Grau, Planeta Botafogo, Catraca Botafogo, Botafogo No Coração; FogãoNET, Wellington Arruda; Braune Fogo, Zé Fogareiro e Botafogo News.

Os torcedores foram convidados pela comunicação do clube para assistir o clássico contra o Santos em um camarote. Cada um dos influenciadores recebeu um código personalizado — com 20% de desconto — para angariar novos sócios-torcedores.

Responsável pela comunicação do Botafogo desde fevereiro deste ano, Emílio Adam conversou com exclusividade com o Fogo Na Rede. Confira o papo:

Qual objetivo desta aproximação inédita do clube com as mídias alternativas do Botafogo — a curto, médio e longo prazo?
Esta é uma iniciativa do Sou Botafogo apoiada pela comunicação. Nós sempre consideramos as mídias alternativas muito importante. São botafoguenses como nós, estão na mesma luta, despendendo tempo, dinheiro, em prol de um amor em comum. Consideramos de suma importância essa aproximação. Eu espero que seja definitiva. Eles são parceiros nossos. Sendo assim, entendemos que os objetivos em relação ao sócio-torcedor são claros: somente a torcida pode ajudar o Botafogo a mudar o quadro. Acreditamos demais na torcida, é o nosso maior patrimônio. Por assim entender, achamos que o caminho do sócio-torcedor é o mais viável para você ajudar o clube em contratações, salários etc. Nossa torcida é muito importante neste caminho. Precisamos muito dela! Nós queremos dar um cartão de boas-vindas, saber que todos são aceitos aqui independente de qualquer crítica que venham a fazer ao time de futebol, entendemos que têm direito a se manifestar. Estamos em uma democracia.

Na última gestão da Comunicação, as mídias alternativas eram vistas como denegridoras da imagem do clube na internet. Como o Botafogo hoje enxerga esses canais periféricos?
Eu costumo falar que eu vivo do presente. Posso falar como eu vejo e como o clube vê, não como via. Não falo de passado. Apenas daqui para frente. Aqui e agora. Vejo as mídias alternativas como principais parceiros para ampliarmos o programa de sócio-torcedor do Botafogo. São nossos melhores amigos. Vejo como veículos importantíssimos para que possamos falar com a torcida, trazê-la para o clube. Essa é a realidade de hoje. O Botafogo somos nós e é gigante quando estamos unidos, não tem oposição, não tem política. Tem o torcedor apaixonado que sempre nos ajuda e acredita na Estrela Solitária. Temos que ser uma única voz em prol do nosso amor.

Quais serão os próximos passos dessa parceria? Já tem algo projetado neste sentido?
Este é um trabalho que eu já faço há algum tempo. Estou sempre disposto a ajudar. Esta área que estou é a que amo, sei fazer. Me sinto muito honrado de ajudar o canal. É uma parceria eterna. Não acredito em nada que uma pessoa faça, mas sim resultados de equipe. Nosso time é muito bom. Nosso time com a nossa torcida é imbatível. Não tenho dúvida nenhuma. Eu sou profissional com muito orgulho. Graças ao meu profissionalismo, hoje posso me dedicar ao Botafogo e passar todo meu conhecimento profissional ao clube. Tenho tanto orgulho, que hoje posso me dar ao luxo de ajudar sem remuneração. Trabalho há 35 anos na área, com 10 anos nos Estados Unidos, quatro anos em Angola. Posso errar, claro, como todo mundo. Aceito a crítica e a tenho como grande incentivo para errar menos. Todo meu amor está na função que exerço no Botafogo.

Emílio lembrou também o papel da torcida na profissionalização do clube.

— Nenhum nome é mais importante do que o torcedor. Ele doa com amor e só ele é capaz de fazer com que a gestão seja cada vez mais profissional, porque cobra o amor que deu.

Por fim, o diretor de comunicação pediu apoio em ações rápidas e sem custo.

— Curta a Botafogo TV, toque o sininho (para receber notificações), pois isso representa uma ajuda financeira importante para o clube. Nós temos gastos com equipamento, pessoal. Se o torcedor der um like, vai ter tudo do Botafogo em tempo real, todo dia. Essa é a maneira de ajudar de graça!

Comentários

Sobre Diego Mesquita 1552 Artigos
Botafoguense, 36 anos. Formado em Jornalismo pela FACHA (RJ), trabalhou como assessor de imprensa do Botafogo F.R em 2010. Hoje, é setorista independente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.