Tanque relata dificuldades criadas pelo Botafogo antes da ida ao Cartagena

Loja Casual FC
Tanque Botafogo Cartagena
Foto: Vítor Silva / Botafogo

Um mês após ser vendido pelo Botafogo ao Cartagena, da Espanha, o atacante Vinicius Tanque revelou dificuldades criadas pelo Alvinegro durante a negociação. Em entrevista ao jornal ‘O Dia’, o jogador deu detalhes do episódio.

— Em cima da hora surgiu uma outra proposta, que era boa apenas para o clube e isso acabou ocasionando em algumas divergências. Conversei com os meus empresários e decidimos não aceitá-la. Depois veio a possibilidade do Cartagena e várias dificuldades foram criadas pelo Botafogo na hora da liberação em definitivo. Por sorte não me atrapalhou e consegui ser inscrito a tempo para disputar a final do Playoff e conquistar o acesso aqui na Espanha – lembra.

Leia mais: Pela finalização, Matheus Nascimento vira assunto no Botafogo

Sem mágoas

Apesar do ocorrido, Tanque garante não ter mágoas do Botafogo, clube pelo qual foi revelado em 2016.

— Não guardo mágoas. Acredito que tudo que aconteceu acabou servindo para o meu crescimento como pessoa e atleta. Pude amadurecer e saber superar os momentos difíceis. Fiquei decepcionado com algumas pessoas que estão lá hoje. Além disso, com algumas atitudes delas em relação à minha saída, mas com o clube o meu carinho será eterno. Sou grato ao Botafogo por tudo que alcancei em minha carreira.

— Acho que as pessoas que hoje comandam o clube poderiam ter um pouco mais de carinho, principalmente com os jogadores formados na base do clube. Cheguei lá com 14 anos e tive uma saída muito conturbada do clube. Se não me queriam mais, não precisavam ter dificultado tanto a minha liberação. Estava apenas buscando trilhar o meu caminho.

Conheça a melhor linha retrô do Botafogo e ganhe 10% OFF com cupom FOGONAREDE

As propostas por Tanque eram do futebol norte-americano e de um clube asiático. Segundo o jogador, desfavoráveis para sua carreira.

— Eram situações que não iriam me favorecer pensando na minha carreira. Tinham até bons valores financeiros envolvidos, mas naquele momento não era o que eu queria para o meu futuro. O Cartagena surgiu e decidi que era um novo desafio que eu estava precisando.

Pelo Cartagena, Tanque tem quatro jogos e dois gols marcados. O atacante contribuiu diretamente com o acesso da equipe à Segunda Divisão do Campeonato Espanhol após oito anos.

Tanque Botafogo Cartagena
Revelado pelo Botafogo, Tanque hoje defende o Cartagena, da Espanha. Foto: Vítor Silva / Botafogo

Siga-nos no Twitter | Siga-nos no Instagram | Siga-nos no Facebook

Foto: Alexandre Loureiro/Getty Images

Comentários

Sobre Diego Mesquita 1552 Artigos
Botafoguense, 36 anos. Formado em Jornalismo pela FACHA (RJ), trabalhou como assessor de imprensa do Botafogo F.R em 2010. Hoje, é setorista independente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.