Barroca credita vitória do Botafogo sobre o Avaí a gol cedo

Loja Casual FC
Barroca.Treino do Botafogo no Estadio Nilton Santos. 09 de julho de 2019, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Vitor Silva/Botafogo. Imagem protegida pela Lei do Direito Autoral Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998.
barroca botafogo avaí
Foto: Vitor Silva / Botafogo

Com gols de Alex Santana e Marcelo Benevenuto, o Botafogo voltou a vencer no Brasileiro: 2 a 0 sobre o Avaí, na Ressacada. O Alvinegro estava há quatro jogos sem vitória. Depois da partida, Barroca comemorou o resultado.

Confira a íntegra da coletiva de Barroca:

VITÓRIA
— Ganhamos fora das nossas características, mas o mais importante era vencer. Voltar a vencer, a subir na tabela e agora com foco total no Campeonato Brasileiro.

VANTAGEM PARA O INTERVALO
— Acho que conseguimos essa vitória porque fizemos um gol cedo. Trazer vantagem para o intervalo é algo que venho brigando com o grupo. Todos os jogos que conseguimos isso sob meu comando, vencemos. Temos a característica de ser difícil de sermos batidos quando temos a vantagem. Estávamos em uma sequência difícil, adversário mais descansado por não ter jogado no meio de semana. Estávamos desgastados física e mentalmente. Fora a sequência ruim, que teve um peso.

RELAÇÃO COM VALENTIM
— Respeito muito o Alberto, quando dirigiu o Botafogo eu estava no sub-20 e ele me trouxe para perto do trabalho. Uso algumas coisas que aprendi com ele, deixo um abraço e força para ele. Vou ficar na torcida para saírem dessa situação o mais rapidamente possível.

EVOLUÇÃO
— Vínhamos em evolução. Fizemos bom jogo contra o Cruzeiro no Mineirão, fizemos um jogo equilibrado contra o Santos. Contra o Fla também fizemos partida muito boa. Colocamos vantagem, perdemos no detalhe. Vínhamos aumentando o número de chances criadas. Contra o Atlético-MG fizemos um grande primeiro tempo, infelizmente não saiu o gol. Se a gente tivesse feito o primeiro, teríamos boas chances de brigar pela classificação. Temos todas as condições de fazer um Campeonato Brasileiro muito bom. O mérito dessa vitória mais uma vez é deles. Tiveram brio, lutaram brigaram. Tiveram repertório para ganhar o jogo mesmo saindo das nossas características.

PONTARIA DOS ATACANTES
— Diego teve oportunidade. Mais do que isso. Não importa quem vai fazer o gol. O importante era quebrar a sequência, voltar a dar confiança, bom ambiente. A falta de vitória te desgasta, mas os jogadores foram sempre muito corretos, sérios. Por isso minha opção de manter a linearidade das escolhas. Tenho muita confiança nesse grupo, muita coisa a melhorar. Acabamos de nos cobrar um pouco. Tenho convicção grande diante do quadro que os jogadores tem apresentado sob o meu comando. Possibilidade de um horizonte muito interessante para a gente no final da competição.

CARACTERÍSTICAS DIFERENTES
— Não conseguimos trazer o jogo para o controle no número de passes, como foi contra o Galo no 1º tempo. O gol cedo fez a gente ter uma preocupação excessiva em resguardar mais. Não controlamos como gostaríamos. Depois que fizemos o segundo gol ficou muito claro que o foco seria segurar. Nos comportamos muito bem dentro do que a gente propôs.

SETOR DEFENSIVO
— Funcionou muito bem, temos um setor sólido, tomamos poucos gols. A entrega, a dedicação, como correram, me agradou muito. Me agrada muito o jeito que esse grupo trabalha diante das adversidades. Grupo que se cobra, trabalha bem, foi uma vitória bastante importante

Depois de vencer o Avaí, o Botafogo enfrenta o Athletico/PR, domingo, às 16h, no Nilton Santos.

Comentários

Sobre Diego Mesquita 1552 Artigos
Botafoguense, 36 anos. Formado em Jornalismo pela FACHA (RJ), trabalhou como assessor de imprensa do Botafogo F.R em 2010. Hoje, é setorista independente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.