Grupo chinês assina carta de intenção por investimento no Botafogo

Loja Casual FC
Botafogo S/A chinês
Foto: Thiago Franklin

Um grupo chinês assinou, nesta segunda (09), uma carta de intenção para investir no Botafogo. O acordo foi celebrado na sede da Firjan, no Centro do Rio. A informação foi dada em primeira mão pelo Canal do TF e confirmada pelo Fogo Na Rede.

Inicialmente, os chineses pretendiam alinhar uma parceria com Alvinegro, mas a relação se intensificou e o grupo pode investir até na Botafogo S/A. Os possíveis investidores, inclusive, já estiveram em algumas partidas do Alvinegro no Nilton Santos.

No jogo contra o Ceará, foram vistos deixando o estádio ao lado do diretor de marketing do Botafogo, João Vieira.

Botafogo SA chinês
Possíveis investidores do Botafogo, chineses deixam o Estádio Nilton Santos. Foto: Thiago Franklin

Clube na UTI

Nesta terça (10), em entrevista à Rádio Brasil, Carlos Augusto Montenegro, integrante do cômite de transição do Alvinegro, comparou o Botafogo a um paciente terminal. O dirigente afirmou que o cenário para 2020, por enquanto, é pior do que foi o de 2019.

— O Botafogo é um paciente que está moribundo, na UTI, ligado por fios. A máquina está funcionando, mas ele não consegue se mover mais sozinho. A gente está tentando monitorar a máquina. Não tem dinheiro. Não tem nada. Não é porque o campeonato terminou ontem que tudo ia virar uma ilha da fantasia. Novos nomes, atletas. Continuamos com direito de imagem atrasado desde setembro. Várias folhas atrasadas, gratificações, fornecedores. Nós fizemos um comitê para manter esses aparelhos ligados. Só isso. Até quando? Não sei. Até quando aparecer um investidor – afirmou.

Nesta quinta (12), o Conselho Deliberativo do Clube vai se reunir para apreciar e votar o projeto Botafogo S/A, em General Severiano.

https://www.youtube.com/watch?v=4MWuC0kiiCQ&feature=youtu.be

Comentários

Sobre Diego Mesquita 1552 Artigos
Botafoguense, 36 anos. Formado em Jornalismo pela FACHA (RJ), trabalhou como assessor de imprensa do Botafogo F.R em 2010. Hoje, é setorista independente.

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.