Paulo Autuori no Botafogo: o que pesou na escolha; entenda

Loja Casual FC
Paulo Autuori Botafogo
CHRISTOF STACHE/AFP

O Botafogo está bem próximo de anunciar seu novo técnico. Nesta segunda, 10, membros do comitê executivo de futebol do clube almoçaram com Paulo Autuori e o encontro foi considerado positivo pelo Botafogo.

Apesar da identificação com o Alvinegro, pelo qual foi campeão brasileiro em 1995, o nome não é unanimidade na cúpula de futebol. No entanto, alguns fatores pesaram para a escolha dele frente aos 30 nomes analisados.

A lista

Assim que foi sacramentada a saída de Alberto Valentim do comando técnico do Botafogo , a cúpula executiva do Clube passou a estudar uma lista com aproximadamente 30 nomes. Nela, profissionais estrangeiros e brasileiros — entre os quais Celso Roth, Paulo Bonamigo, Rodrigo Santana, Jair Ventura e, claro, Paulo Autuori.

Fatores de peso

A grave crise financeira pela qual passa o Botafogo é de conhecimento geral no mercado brasileiro. Por isso, o comitê descartou investir em um profissional estrangeiro — desejo de boa parte da torcida botafoguense. Segundo um membro da diretoria, um técnico sul-americano não entenderia o momento do Clube.

Por outro lado, um treinador brasileiro além de “ciente” do cenário no Alvinegro, convive ou já esteve próximo desta realidade em outro clube no Brasil.

Montenegro

Descartado o treinador “de fora”, o comitê avançou em profissionais domésticos. A partir daí, a mão de Carlos Augusto Montenegro pesou por Autuori — com o qual tem boa relação desde 1995, quando apostou no profissional desconhecido do mercado nacional.

PUBLICIDADE

Experiência no Japão

Além de ser o nome preferido de Montenegro, Paulo Autuori se enquadra no teto salarial do Clube e tem passagens pelo futebol do Japão — país de origem de Honda, principal reforço do Botafogo para temporada. O treinador passou pelo país em 2006 (Kashima Antlers) e 2015 (Cerezo Osaka).

Aposta

Como antecipado pelo Fogo Na Rede, o perfil escolhido é de uma aposta. Apesar de colecionar títulos, Autuori na função de técnico, hoje, é encarado como tal. Ele já declarou que não tem intenção de atuar como treinador.

Principais conquistas do treinador

TítuloClube
Campeonato Brasileiro 1995 Botafogo
Libertadores da América 1997Cruzeiro
Libertadores da América 2005São Paulo
Mundial de Clubes 2005São Paulo

Plano B

Caso Paulo Autuori não aceite assumir o comando técnico do Botafogo, o Clube trabalha com a ideia de efetivação do auxiliar Bruno Lazaroni. No entanto, a recusa do treinador campeão brasileiro em 1995 é vista como improvável.

Comentários

Sobre Diego Mesquita 1552 Artigos
Botafoguense, 36 anos. Formado em Jornalismo pela FACHA (RJ), trabalhou como assessor de imprensa do Botafogo F.R em 2010. Hoje, é setorista independente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.