Com Cícero como referência, Luiz Otávio é apresentado no Botafogo

Loja Casual FC
Luiz Otavio Botafogo
Luiz Otavio.Treino do Botafogo no Hotel Fazenda China Park. 12 de Janeiro de 2020, Domigos Martins, ES, Brasil. Foto: Vitor Silva/Botafogo. rImagem protegida pela Lei do Direito Autoral Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998.
Luiz Otavio Botafogo
Luiz Otávio foi oficialmente apresentado no Botafogo nesta segunda (13). Foto: Vitor Silva/Botafogo.

O Botafogo apresentou mais um reforço para temporada, nesta segunda (13), no China Park, em Domingos Martins: trata-se do volante Luiz Otávio, de 22 anos, que pertence ao Tombense e defendeu o Paraná na última temporada.

Em 2019 foi o ano em que Luiz mais atuou. Segundo o jogador, a marca o credenciou a estar no Alvinegro para 2020.

— Foi uma grande oportunidade que apareceu. Estou muito feliz e tenho certeza que vai ser um ano muito vitorioso para o Botafogo. Ano passado foi o ano que eu mais joguei e estou preparado para jogar pelo Botafogo. Sou mais volante, prefiro jogar um pouco mais recuado, mas se precisar atuo mais avançado também.

Veja mais declarações do volante:

Período no Athletico-PR

— Passagem no Athletico-PR foi muito boa. Tive a oportunidade de jogar Libertadores. Foi benéfico e acredito que aqui será mais.

Como prefere jogar?

— Não sei qual vai ser a forma ainda, primeiro ou segundo volante. É buscar espaço e trabalhar forte. Características são bom passe, finalização a média e longa distância. Gosto de jogar com a bola também.

Quem conhecia do elenco?

— Joguei com Guilherme Santos e Alex Santana no Paraná, já nos conhecemos. Aos poucos vou conhecendo todos.

Semelhança com Cícero

— Todos já brincavam sobre a semelhança, no Athletico-PR e no Paraná também. Ainda vou conversar com ele sobre isso.

Primeiros dias de trabalho

— Mais voltado para a parte física, está sendo bem trabalhado isso. Vamos nos adaptando com os dias. A vantagem de estar aqui é a tranquilidade, o dia inteiro com o grupo, estar focado, se alimentar bem, fazer todas atividades, tudo certinho.

PUBLICIDADE

Oportunidade da vida?

— Não pensei duas vez antes de vir, um grande clube no cenário nacional e internacional. Vou agarrar com unhas e dentes.

Referências no elenco

— Tem muita gente pra tirar exemplo, vamos devagar. O Cícero é um que sempre me espelhei, tem o João Paulo também, só ouvi falar bem dele.

O que acha de Valentim?

Valentim é bem tranquilo, sempre conversa com todos, um cara que se dá bem com todo mundo, procura passar tudo pra gente e a gente também procura ouvir.

Concorrência na posição

— Num grande clube é inevitável a concorrência. Vamos devagar, respeitando todo mundo, quando aparecer a oportunidade é aproveitar.

Convivência com a galera mais experiente

— Se eu falar que são velhinhos eles vão ficar bravos (risos). São mais experientes. Oportunidade única de conviver com eles, é aproveitar as dicas e ouvir muito.

Relação com Guilherme Santos

— Gui é bem tranquilo, tenho certeza que já nos conhecemos, mas agora a forma de trabalho é diferente. Série B é mais truncado, mas com certeza é mais fácil porque a gente se conhece.

Primeiros dias de trabalho

— Mais voltado para a parte física, está sendo bem trabalhado isso. Vamos nos adaptando com os dias. A vantagem de estar aqui é a tranquilidade, o dia inteiro com o grupo, estar focado, se alimentar bem, fazer todas atividades, tudo certinho.

Oportunidade da vida?

— Não pensei duas vez antes de vir, um grande clube no cenário nacional e internacional. Vou agarrar com unhas e dentes.

Referências no elenco

— Tem muita gente pra tirar exemplo, vamos devagar. O Cícero é um que sempre me espelhei, tem o João Paulo também, só ouvi falar bem dele.

O que acha de Valentim?

Valentim é bem tranquilo, sempre conversa com todos, um cara que se dá bem com todo mundo, procura passar tudo pra gente e a gente também procura ouvir.

Concorrência na posição

— Num grande clube é inevitável a concorrência. Vamos devagar, respeitando todo mundo, quando aparecer a oportunidade é aproveitar.

Convivência com a galera mais experiente

— Se eu falar que são velhinhos eles vão ficar bravos (risos). São mais experientes. Oportunidade única de conviver com eles, é aproveitar as dicas e ouvir muito.

Primeiros dias de trabalho

— Mais voltado para a parte física, está sendo bem trabalhado isso. Vamos nos adaptando com os dias. A vantagem de estar aqui é a tranquilidade, o dia inteiro com o grupo, estar focado, se alimentar bem, fazer todas atividades, tudo certinho.

Oportunidade da vida?

— Não pensei duas vez antes de vir, um grande clube no cenário nacional e internacional. Vou agarrar com unhas e dentes.

Referências no elenco

— Tem muita gente pra tirar exemplo, vamos devagar. O Cícero é um que sempre me espelhei, tem o João Paulo também, só ouvi falar bem dele.

O que acha de Valentim?

Valentim é bem tranquilo, sempre conversa com todos, um cara que se dá bem com todo mundo, procura passar tudo pra gente e a gente também procura ouvir.

Concorrência na posição

— Num grande clube é inevitável a concorrência. Vamos devagar, respeitando todo mundo, quando aparecer a oportunidade é aproveitar.

Convivência com a galera mais experiente

— Se eu falar que são velhinhos eles vão ficar bravos (risos). São mais experientes. Oportunidade única de conviver com eles, é aproveitar as dicas e ouvir muito.

Luiz Otávio chega por empréstimo de um ano.

Comentários

Sobre Diego Mesquita 1552 Artigos
Botafoguense, 36 anos. Formado em Jornalismo pela FACHA (RJ), trabalhou como assessor de imprensa do Botafogo F.R em 2010. Hoje, é setorista independente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.