Jefferson, ídolo do Botafogo, elege maior defesa pela Seleção Brasileira

Loja Casual FC
Jefferson Botafogo Seleção
Foto: Claudio Reyes/AFP via Getty Images

O goleiro Jefferson, ídolo do Botafogo, concedeu entrevista exclusiva ao site da CBF. No papo, o goleiro relembrou o título mundial pela Seleção Sub-20 e a passagem pela equipe principal.

Revelado pelo Cruzeiro, Jefferson foi campeão mundial sub-20 em 2003. À época, o goleiro estava emprestado ao Botafogo pela equipe mineira. Sete anos depois, titular absoluto do Alvinegro, foi convocado pela primeira vez para a Seleção principal.

— Eu peguei um gostinho de representar o Brasil na Seleção Sub-20, e isto acabou sendo uma motivação para que eu nunca desistisse de chegar na Seleção Principal. Eu passei quatro anos na Turquia e sabia que a possibilidade de ser convocado era pequena. Um dos motivos para eu ter voltado para o Brasil foi este, estar sob a vista do técnico da Seleção. Eu estava com uma expectativa alta, pois estava bem no Botafogo e havíamos conquistado o estadual. Quando eu escutei o meu nome na televisão, fiquei muito emocionado. Minha família estava comigo, todos choraram, pularam. No final, valeu a pena toda a dedicação e o esforço – lembra.

Leia mais: Chegada de Salomon Kalou ao Botafogo deve ser adiada por burocracia

Maior defesa

Autor de defesas impressionantes tanto no Botafogo quanto na Seleção, Jefferson elegeu a mais marcante com a amarelinha.

— Na hora a ficha não cai, porque a adrenalina está alta demais. Eu estava buscando o meu espaço e nesse jogo eu tive a oportunidade de pegar uma cobrança de pênalti do Messi. Só que a repercussão foi muito grande, e ainda comentam sobre isso hoje em dia. Até aconteceu de crianças me reconhecerem na rua, depois de terem visto a defesa na televisão, e falarem para as suas mães: ‘Olha, o goleiro que pegou o pênalti do Messi’. Isso é bem legal, porque eu pude alcançar essa geração mais nova de uma outra maneira, por causa de um momento específico na minha carreira que vai ficar para sempre na história. Eu me orgulho muito de ter honrado o meu país e a Amarelinha – afirma.

Jefferson Botafogo Seleção
Jefferson, ídolo do Botafogo, elegeu maior defesa pela Seleção. Foto: Claudio Reyes/AFP via Getty Images

Conheça a melhor linha retrô do Botafogo e ganhe 10% OFF com cupom FOGONAREDE

Apesar da escolha do goleiro, em entrevista recente feita pelo GloboEsporte.com, outra defesa de Jefferson foi escolhida como a mais importante da história da Seleção. Na ocasião, evitou um gol praticamente certo de Benzema, em amistoso contra a França.

— Primeiro eu agradeço a Deus e as pessoas que participaram. Mesmo após a minha aposentadoria, o meu trabalho foi reconhecido. Foi realmente uma bela defesa, importante e corajosa. Fiquei muito feliz de ter ganhado esta votação. Falando do jogo, foi uma grande vitória por ter sido contra França e na casa deles. E jogar lá sempre traz antiga lembranças à tona. A partida foi difícil, complicada, saímos atrás placar, mas felizmente conseguimos a vitória – lembra.

Reveja o lance:

Siga-nos no Twitter | Siga-nos no Instagram | Siga-nos no Facebook

Claudio Reyes/AFP via Getty Images

Comentários

Sobre Diego Mesquita 1552 Artigos
Botafoguense, 36 anos. Formado em Jornalismo pela FACHA (RJ), trabalhou como assessor de imprensa do Botafogo F.R em 2010. Hoje, é setorista independente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.