Marcelo Crivella veta retorno aos treinos de Botafogo, Fla, Flu e Vasco

Loja Casual FC
Marcelo Crivella Botafogo treino
Foto: Hudson Pontes / Prefeitura do Rio

Em meio à pandemia do novo coronavírus, o prefeito do Rio Marcelo Crivella proibiou o retorno aos treinos aos clubes da cidade, entre os quais, o Botafogo. O mandatário liberou a volta apenas de atletas que estão em processo de fisioterapia.

— Foram aprovados os procedimentos do caderno de encargos para evitar contágio quando os clubes voltarem aos treinos e aos jogos. Foi autorizada também a volta dos atletas que estavam em fisioterapia cujos casos poderiam agravar. Foi comunicado ao presidente do Flamengo e o Vasco que isso tinha sido deliberado. Pelo conselho, não foi aprovada a volta aos treinos – disse.

Leia mais: Após Honda, Mauro Cezar elege próxima estrela internacional do Botafogo

A decisão do prefeito do Rio vai de acordo com o que pensa o Botafogo. Em entrevistas recentes, tanto Carlos Augusto Montenegro, membro do comitê de futebol do Clube, quanto Paulo Autuori, técnico do Alvinegro, mostraram-se desfavoráveis ao retorno do futebol em meio à pandemia.

Me parece uma sandice discutir volta ao futebol, dirigentes e pessoas responsáveis pela gestão do país mostrando total falta de respeito com a quantidade de mortos. É muito duro para nós, que sabemos que é a rotina, perceber que eles não têm a menor noção e não dão a mínima para os profissionais. Não existe qualquer engrenagem que funcione sem as pequenas peças. As pessoas não estão sendo respeitadas por esses pseudo-dirigentes. Eu espero que os diferentes segmentos profissionais entendam. Nós temos algo a falar – disse Autuori.

Leia mais: Luis Henrique interessa a pelo menos três clubes da Europa; entenda

Críticas ao Flamengo

Carlos Augusto Montenegro criticou a decisão do Flamengo de forçar o retorno aos treinos.

— Por mais que você proteja os profissionais com máscara, por exemplo, eles vão ter contato com outras pessoas. Nosso técnico tem 62 anos. Por que que ele tem que ir dar um treino? Quando as universidades voltarem, o futebol pode voltar. Um protocolo legal seria todo mundo começar junto. Agora se vai ser 20, 30, 40 dias, a gente vai ver depois. Hoje a preocupação é com a saúde. O Flamengo, que está numa grande fase, devia ser o primeiro a se preocupar com isso. Com a vida humana. O time não tem que ser grande só dentro de campo, tem que ser fora de campo também. Hoje, a grandeza é estar preocupado com a saúde dos profissionais e não com a volta do futebol.

Conheça a melhor linha retrô do Botafogo e ganhe 10% OFF com cupom FOGONAREDE

O Flamengo iniciou nesta segunda, 18, exames com os atletas e funcionários do Clube. A intenção do rubro-negro era retomar as atividades ainda esta semana.

Foto: Hudson Pontes / Prefeitura do Rio

Siga-nos no Twitter

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Facebook

Comentários

Sobre Diego Mesquita 1552 Artigos
Botafoguense, 36 anos. Formado em Jornalismo pela FACHA (RJ), trabalhou como assessor de imprensa do Botafogo F.R em 2010. Hoje, é setorista independente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.