Tiago Nunes tenta explicar fragilidade do Botafogo na bola aérea após empate com Nova Iguaçu

Loja Casual FC
botafogo nova iguacu
Vítor Silva / Botafogo

O Botafogo abriu 2 a 0 contra o Nova Iguaçu, mas viu o adversário empatar aos 45 do segundo tempo. Mais um gol de bola área e mais um empate na competição. Após a partida, o técnico Tiago Nunes tentou encontrar palavras para explicar a fragilidade aérea da equipe.

— Se você pegar a equipe que iniciou o jogo, a gente conseguiu conter bem as bolas aéreas. Depois, a sucessão de trocas descaracterizou um pouco a equipe porque entraram jogadores com estatura um pouco menor. Não justifica porque todos treinam de forma igual, mas mudou um pouco a característica. A gente acabou sofrendo nesse sentido. Só existe uma forma de evoluir, que é repetindo. E não é treinando mais, é treinando melhor – disse para completar:

— A gente tem uma série de avaliações tanto com a imagem, que mostra onde e como errou, e no treinamento, através da visualização dos nossos jogadores. Esse é o nosso caminho. A gente sabe que tem sofrido gols muito pontuais. Você abre 2 a 0 e sofre um gol da maneira que foi o primeiro gol, realmente é difícil de explicar. Deveríamos estar todos comemorando neste momento um resultado positivo e a tranquilidade dentro da competição. Mas estamos aqui dando explicação de um empate com gosto bem amargo da forma que foi.

botafogo nova iguaçu bastos
Vítor Silva / Botafogo

O Botafogo volta a campo contra o Flamengo, quarta, 7, às 21h30, no Maracanã, pela 7ª rodada do Campeonato Carioca.

Siga-nos no Twitter | Siga-nos no Instagram | Siga-nos no Facebook

Comentários

Sobre Redação 5385 Artigos
Fogo na Rede é um veículo profissional especializado na cobertura do Botafogo: últimas notícias, jogos e muito mais!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.