Diretor do Ibope revela meta inicial da Botafogo S/A e valor garantido

Loja Casual FC

A Botafogo S/A está cada vez mais próxima de se tornar realidade. Em entrevista ao ‘Canal Fabiano Bandeira’, José Colagrossi, diretor do Ibope Repucom, revelou que boa parte do valor necessário para dar início à Botafogo S/A está garantido.

A meta mínina inicial são R$ 210 milhões. Não quer dizer que não possa ter mais que isso. Destes, já existe um comprometimento de vários investidores de R$ 170 milhões. Está chegando perto da linha de chegada. Tem sido positivas as conversas e os interesses. Toda parte de documentação, estatuto, foram redigidos. Isso é algo mais protocolar. O prognóstico é positivo, mas precisa finalizar essa rodada para que se chegue nos R$ 210 milhões. Se eu acho que vai chegar? Eu acho que vai. Está demorando por causa da pandemia. Não fosse isso, a S/A seria realidade hoje – garante.

Leia mais: Ativista social e disciplinado: tradutor revela rotina de Honda no Botafogo

Otimismo com cautela

Apesar do otimismo, Colagrossi lembra que a mudança de modelo, por si, não é sinônimo de conquistas de imediato.

— É preciso entender que a S/A, por si só, não vai fazer o Botafogo ser campeão da Copa do Brasil 2020. Não. É uma mudança de modelo para que o Clube renasça financeiramente para que, em dois, três anos, passe a disputar os títulos. O plano mostra isso em 2023. Se a S/A não sair, eu não sei qual vai ser o plano B. A única razão de o Clube ainda estar vivo hoje, é porque tem dois ou três botafoguenses que fazem um chque para pagar luz, água, salários atrasados – disse.

Diretor do Ibope, Colagrossi garante que boa parte do valor necessário à Botafogo S/A está garantido.

Conheça a melhor linha retrô do Botafogo e ganhe 10% OFF com cupom FOGONAREDE

Leia mais: Candidato Durcesio Mello revela desejo de investir na Botafogo S/A

Siga-nos no Twitter | Siga-nos no Instagram | Siga-nos no Facebook

Comentários

Sobre Diego Mesquita 1552 Artigos
Botafoguense, 36 anos. Formado em Jornalismo pela FACHA (RJ), trabalhou como assessor de imprensa do Botafogo F.R em 2010. Hoje, é setorista independente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.